Entenda o Ultra HD

A um tempo atrás, num passeio por um shopping de São Paulo, passei com minha namorada em frente a uma loja de tecnologia. O grande destaque da loja era uma televisão de 85 polegadas, com tecnologia 4K, pela bagatela de R$44.000,00. Comprei duas. Deixando os detalhes e as brincadeiras a parte, você consumidor, realmente entende de resolução?

Antes de explicar esta nova tecnologia vou dar um resumo da tecnologia atual e como ela funciona na prática.

Primeiro temos que entender que hoje nós temos disponível o HD e o Full HD. O HD trabalha com uma resolução de 720p (1280×720 em linhas progressivas). O Full HD trabalha com 1080p ou 1080i (1920×1080 linhas progressivas ou entrelaçadas). As linhas entrelaçadas resultam em resoluções menores, pois as linhas (que juntas formam as imagens) trabalham de forma alternada, atualizando primeiro as linhas ímpares e depois as linhas pares. As linhas progressivas nos permite atingir resoluções maiores, pois as linhas são atualizadas simultaneamente. Pense da seguinte forma: Quanto maior o numeral maior é a qualidade de imagem que temos. Para compararmos de uma forma mais prática, enquanto hoje você provavelmente assiste programas em 1080 linhas de resolução, a alguns anos atrás, na tela de tubo, você assistia com 480 linhas de resolução!

Agora que temos uma noção básica das resoluções do mercado, vamos voltar a falar do 4K. O nome quando entendido torna-se auto explicativo, pois a tecnologia oferece uma resolução quatro vezes maior do que o Full HD, ou seja, 4x1080p. Simples assim! Algumas perguntas básicas surgem, como: “mas a diferença é realmente notável?”, ou “temos programas ou gravações neste formato, com esta resolução?”. Para essas e outras perguntas a resposta é rápida e de fácil entendimento, como veremos abaixo.

A diferença é realmente  notável?

A resposta é um firme sim. A diferença é surpreendentemente notável. A imagem abaixo é um comparativo entre o Full HD e o Ultra HD:

Existe conteúdo para assistir nessas resoluções?

Não! Quer dizer, Sim! Existe sim, mas no Japão! Lá existe uma emissora que já utiliza a definição de Ultra HD, mas apenas como teste e em alguns programas. Aqui no Brasil a maioria das emissoras ainda estão no processo de transição de formatos, das 480 linhas de resolução para as 1080 linhas de resolução. Por exemplo, a gigante Globo até hoje não tem toda sua programação em HD, pelo simples fato de que o investimento é alto demais e o retorno não, pois não é todo o seu público que pode comprar televisões de alta definição. Com isto em mente, é sinal que poderemos esperar bastante tempo para imaginar transmissões em Ultra HD.

Existe um tamanho mínimo de tela para o Ultra HD?

Esta parte não falarei com tanta profundidade, mas até agora nenhuma fabricante falou em televisões menores que 55 polegadas. Então se você mora num apartamento pequeno…

Aonde comprar a minha?

Se você realmente pretende comprar uma agora é porque não leu nada que escrevi, você poderá procurar pelo modelo XBR 4K Ultra de 55″ por $5.000 ou de 85″ por $25.000 clicando aqui. Lembre-se que estes valores são em dólares, logo, vai sair mais que o dobro! ‘-‘

E assim termino meu primeiro post de tecnologia! 😉

Anúncios

3 comentários sobre “Entenda o Ultra HD

Participe! Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s