A diversão na Era Vitoriana

Eis que apresento a vocês uma das formas que os ingleses, na Era Vitoriana se divertiam: O Poço de Ratos. Era uma prática que existiu até o século XX na Inglaterra e que pode lembrar bastante algumas formas de apostas que temos hoje… todas contra a lei. A aposta funcionava da seguinte forma: Um poço cheio de ratos (bem grandes por sinal) e um cachorro. O cachorro tinha que matar os ratos e quem assistia geralmente apostava no cachorro que achava que ia matar mais ratos. Deu pra entender né ?!

Na Era Vitoriana uma das formas mais populares de entretenimento eram as brigas de animais, e esta era uma das preferidas dos ingleses. A festa do pessoal acabou em 1835 com a ata contra a crueldade animal, mas para a alegria dos ingleses esta modalidade não foi proibida, já que as autoridades a consideraram como um “jogo de apostas” e que os ratos não eram tão bonitinhos assim para serem protegidos.

Londres era o epicentro deste “jogo” e existiam diferentes modalidades desta prática. A mais famosa era também a mais simples: ganhava o cachorro que matasse mais ratos em menos tempo. A aposta era tão famosa e praticada na época que os cachorros passaram a ser treinados desde pequenos para que pudessem ser rápidos e mortais. Os cachorros preferidos dos apostadores eram o Staffordshire Bull Terrier,  e o Bulldog Terrier por serem pequenos e robustos.

Para termos uma ideia do quanto tudo aquilo era adorado na época, a modalidade fez surgir uma nova categoria de trabalhadores: os caçadores de ratos. O número de ratos mortos em apenas uma noite era enorme, logo a demanda para se ter sempre muitas destas criaturas era grande. Nada mais justo que pessoas especializadas em caçá-los surgissem aproveitando a febre do momento. O caçador mais famoso da época era conhecido como Jack Black e era o mais procurado devido a sua preocupação com a saúde dos ratinhos. Por mais irônico que isso pareça fazia todo sentido, pois os cachorros eram mordidos muitas vezes durante as rodadas, logo era importante que os ratos fossem limpos e livres de doenças, pois só assim a vida útil de cachorros bons era prolongada. O cara era tão famoso e bom que ele chegou a vender seus ratos para a rainha Vitória, que adorava ratos como mascotes (eca!).

O último combate (legal) foi realizado em 1912 e você pode ver seu registro logo abaixo:

Anúncios

Um comentário sobre “A diversão na Era Vitoriana

Participe! Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s